domingo, 24 de abril de 2011

LIVROS E A GESTÃO PÚBLICA

Durante a passagem que tivemos nos cargos de secretario de Cultura de Porto Velho, SEMCE; de Meio Ambiente de Porto Velho, SEMA; e de Cultura do Estado, SECEL, procuramos, na medida do possível, apoiar a área literária, principalmente aos temas voltados para a divulgação da história regional.

Todas as edições publicadas foram distribuídos gratuitamente, assim como, distribuídos nas bibliotecas, escolas e instituições do Estado. Nos últimos anos não tenho visto as secretarias de culturas darem apoio a publicação de livros.

Por outro lado, a Secel, em 2008, fez a aquisição de livros de autores de Rondônia para distribuir as bibliotecas públicas existentes no Estado. Foram alguns exemplares por autor, mas já representa um avanço. Essa medida, de alguma forma, ajuda historiadores e escritores para novos lançamentos de livros.

Falta uma política de incentivo aos historiadores, para pesquisa e lançamentos de livros. Um estado novo como Rondônia, precisa de pesquisa para levantar dados para novas publicações e, assim, assegurar as futuras gerações o conhecimento da historia de Rondônia.

Os livros que foram publicados durante o período de 1998 a 2002 e em 2006:


01 – Publicação em que se registram datas e fatos da historia de Rondônia, bem como, os eventos culturais e esportivos daquele ano, 1998. É uma publicação de consulta diária pelo teor das datas importantes da historia rondoniense - 1998.
02 – Publicação para comemorar o centenário de nascimento de Aluízio Pinheiro Ferreira, personagem polêmica da historia de Rondônia. Foi o primeiro diretor brasileiro da EFMM e primeiro governador do Território Federal de Rondônia. O livro é formado por uma coletânea de textos sobre Aluízio Ferreira - 1998.
03 – A publicação “Chuvas de Inverno” é poeticamente dedicada a Porto Velho. O poeta Bolivar Marcelino exalta a cidade e fala do seu cotidiano 1998.
04 – A publicação é composta de textos de vários autores, como escritores, jornalistas e historiadores, que falam de diversos temas sobre Porto Velho. Em parceria com o Ministério da Cultura e a Prefeitura de Porto Velho – 1998.
05 – Porto Velho em Prosa e Verso foi a publicação que mais autores participaram, inclusive eu, que falo do surgimento do refrigerante no saquinho. Em parceria com Ministério da Cultura - 1998.
06 – Uma publicação de autoria da professora e historiadores Yédda Pinheiro Borzacov, que contou com a tradução para as línguas inglesa e espanhola pelos tradutores Antônio Gonçalves Dias e Eduardo Constantino Borzacov, respectivamente. Parceria do Ministério da Cultura com a Prefeitura de Porto Velho – 1998.
07 – Candelária – Luz e Sombra na Trajetória da Estrada de Ferro Madeira-Mamoré, de autoria do médico e escritor Aparício Carvalho, foi lançado, em 1999, no Cemitério da Candelária.
08 – É uma publicação especifica sobre o Código de Meio Ambiente de Porto Velho. Foi o primeiro município de Rondônia a ter sua política de meio ambiente em Lei. Foi publicado em parceria com o Governo de Rondônia, Termonorte e Prefeitura de Porto Velho – 2002.
09 – O livro foi publicado na gestão da SECEL, em 2006, para divulgar o folclore de Porto Velho. De autoria do amigo José Monteiro. Foi lançado na noite do Lançamento do 25º Arraial Flor do Maracujá, em 2006.
10 – Uma publicação especifica sobre as mulheres que de alguma forma se notabilizaram nas terras de Rondônia. Também foi publicado em 2006, na gestão da SECEL.
Os três livros abaixo são de minha autoria. E todos foram publicados com apoio de instituições privadas. Para isso contei com o apoio incondicional da BrasilTelecon, FARO, Rondoforms e Uniron.


2 comentários:

poeta josé valdir disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
poeta josé valdir disse...

Muito bem, amigo. Estive aqui lendo seu trabalho e fiquei entusiasmado com o fato de saber que o amigo é um grande batalhador pelo sucesso e desenvolvimento da cultura de nossa amada Rondônia.
Sugiro ao amigo entrar em contato com o nosso querido amigo Viriato Moura e com o nosso estimado amigo Anisinho Gorayeb, que vêm fazendo expressivo trabalho em prol da nossa memória cultural, da nossa gente e do nosso amado Estado de Rondônia.
veja: www.josevaldir.com
Grande abraço